12.09.19

Vaticano realiza sínodo sobre Amazônia no mês de outubro

O tema em discussão será "Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral"

Vaticano realiza sínodo sobre Amazônia no mês de outubro

De 6 a 27 de outubro deste ano, o Vaticano realiza a Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos. Proposto pelo papa Francisco em 2017, o evento terá como tema “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

O Sínodo é uma instituição permanente da Igreja Católica que foi criada pelo papa Paulo VI, em resposta aos desejos dos padres do Concilio Vaticano II. A intenção é manter vivo o espírito de colegialidade nascido na experiência conciliar.

O objetivo, nas palavras do pontífice, é “identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do Povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para nosso planeta. Que os novos Santos intercedam por este evento eclesial para que, no respeito da beleza da Criação, todos os povos da terra louvem a Deus, Senhor do universo, e por Ele iluminados, percorram caminhos de justiça e de paz”.

Em 2018, durante o encontro com povos indígenas de quase todos os países da Pan-Amazônia, em Porto Maldonado, Peru, o papa Francisco falou sobre a riqueza dos saberes e da diversidade indígena, sobre a necessidade de defender a Amazônia e seus povos e, também, sobre as ameaças que estes povos enfrentam em função dos interesses econômicos em seus territórios.

Vieira na Amazônia

Autoconhecimento e espirito de equipe são algumas das grandes lições aprendidas na Ilha de Marajó e em algumas comunidades quilombolas e campesinas do Pará, que estarão guardadas nos corações de jovens missionários vieirenses para sempre. Junto com outros estudantes da Rede Jesuíta de Educação, eles participaram da Experiência Magis Mais Amazônia, um programa de inserção que busca promover um encontro entre culturas e realidades das juventudes, realizado entre os dias 5 a 14 de julho.

O projeto, que teve a sua primeira edição em 2019, visou proporcionar aos alunos da Rede Jesuíta de Educação uma experiência de inserção no contexto amazônico, potencializando o trabalho em equipe, espirito de liderança e empatia. A iniciativa contou com a adesão dos colégios Antônio Vieira (Salvador/BA), Jesuítas (Juiz de Fora/MG) e Loyola (Belo Horizonte/MG), que juntos levaram 23 alunos e 6 educadores. Assista ao vídeo abaixo!

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo