Companhia de Jesus

A Companhia de Jesus também é conhecida como Ordem dos Jesuítas. A sua fundação ocorreu no século XVI por um grupo de jovens universitários, sob a liderança de Inácio de Loyola. Sua finalidade é assim expressa em seus documentos fundantes: “servir somente ao Senhor e à Sua esposa, a Igreja”. Sente-se chamada a permanecer disponível para qualquer missão, em qualquer lugar do mundo, em comunhão com as necessidades da Igreja. Para essa finalidade, de modo concreto em cada lugar aonde são enviados, os jesuítas se organizam em “províncias”, que são estruturas administrativas que devem facilitar o acompanhamento da vida comum dos jesuítas e da missão que a Igreja confia à Companhia de Jesus.

Os primeiros jesuítas desembarcaram no Brasil, liderados por Manuel da Nóbrega, em 1549 – apenas nove anos após a Companhia de Jesus ser aprovada pelo Papa Paulo III. Vindos com Tomé de Sousa, primeiro governador-geral do Brasil Colônia, os religiosos foram pioneiros no trabalho de educação dos descendentes de portugueses e nativos. Entre os jesuítas ilustres que atuaram aqui, estão os padres José de Anchieta e Antônio Vieira.

Com marcante influência histórica e social no país, a Companhia de Jesus esteve à frente da fundação de escolas, igrejas e cidades. Os padres Manuel da Nóbrega e José de Anchieta, por exemplo, foram os responsáveis pela criação do Colégio de São Paulo de Piratininga (hoje Pateo do Collegio), que deu origem à cidade de São Paulo. Hoje, são mais de 500 jesuítas atuando em todos os estados brasileiros, nas áreas Educação, Social, Espiritualidade, Serviço da Fé, Juventude e Vocacional, entre outras.

A Companhia de Jesus está estruturada no Brasil em uma única província desde 2014. Está presente em mais de 130 países, atuando há mais de 470 anos. A Companhia produz conhecimento para o desenvolvimento social por meio da pesquisa cientifica e do aprofundamento intelectual. Proporciona educação de qualidade para mais de três milhões de pessoas em uma das maiores redes de educação do mundo.




A Rede Jesuíta de Educação
 

Constituída em 2014, a Rede Jesuíta de Educação (RJE) reúne as 17 Unidades de Educação Básica da Companhia de Jesus no Brasil. Ela promove um trabalho integrado, a partir de uma mesma identidade e do sentido de corpo apostólico, com mútua responsabilidade pelos desafios comuns. Nos próximos anos, a RJE visa transformar as Escolas e os Colégios Jesuítas do Brasil em centros de aprendizagem integral, lugares de transformação evangélica da sociedade e da cultura. Em síntese, assume a missão de formar homens e mulheres conscientes, competentes, compassivos e comprometidos.


DIMENSÕES DO PROJETO EDUCATIVO

 

  • CURRICULAR
  • ORGANIZAÇÃO,
    ESTRUTURA E RECURSOS
  • CLIMA INSTITUCIONAL
  • FAMÍLIA E
    COMUNIDADE LOCAL

 

PERSPECTIVAS DOS 4 C’S

 

Conscientes
Além de conhecerem a si mesmos, graças ao desenvolvimento da capacidade de interiorização e ao cultivo da vida espiritual, os estudantes devem desenvolver um consistente conhecimento e experiência da sociedade e de seus desequilíbrios.
Competentes
Profissionalmente falando, devem alcançar uma formação acadêmica que lhes permita conhecer, com rigor, os avanços da ciência e da técnica.
Compassivos
Sejam indivíduos capazes de abrir seu coração para serem solidários e assumirem o sofrimento que outros vivem.
Comprometidos
Sendo compassivos, devem empenhar-se honestamente, e desde a fé, e com meios pacíficos, na transformação social e política de seus países e das estruturas sociais para alcançar a justiça.

 

PROJETO EDUCATIVO COMUM (PEC)

O Projeto Educativo Comum (PEC) da RJE foi construído ao longo de 2015 e 2016. É um documento elaborado de forma colaborativa, envolvendo mais de 2 mil profissionais de todas as Unidades, com momentos presenciais e consultas via plataforma online. O texto final foi lançado em agosto de 2016, apontando um caminho de renovação para as Unidades de Educação Básica dos Jesuítas no Brasil.

PROJETOS

  • GT Gestão de Pessoas;
  • GT Currículo: Concepção e Inovação;
  • Programa de Formação
  • Continuada (Especialização e Mestrado Profissional);
  • Encontro de Formação Integral (alunos do Ensino Médio);
  • Concurso Arte e Redação (alunos dos 7º e 8º anos);
  • Antigos Alunos.
 


APOSTOLADO EDUCATIVO

A RJE está integrada à Federação Latino-Americana de Colégios da Companhia de Jesus (FLACSI). É uma rede regional que conecta 13 redes nacionais, totalizando mais de 90 colégios. Por meio dela, são compartilhados conhecimentos e recursos, e, principalmente, são estabelecidos projetos e metas comuns na região. Como rede regional, se une à rede global de colégios da Companhia presente nos cinco continentes: África, Ásia, América Latina, América do Norte e Europa. É uma ação educativa
de corpo que conecta 840 Colégios, e aproximadamente 800 mil estudantes da Educação Básica.

O Apostolado Educativo está no DNA da Companhia de Jesus, que manteve sua relevância ao longo dos séculos graças a sua capacidade de reinvenção e renovação contínua, sua ousadia para atender aos desafios de cada época e coragem para trilhar caminhos nunca antes trilhados. Neste sentido, o PEC é um convite e um apelo a fazermos jus a essa rica tradição, transformando nossos espaços e tempos escolares para que respondam melhor aos desafios dos tempos atuais, ao novo perfil de nossos estudantes.

 

RJE EM NÚMEROS:
 



 

 

Confira no mapa os colégios, escolas, creches, universidades e faculdades no Brasil:

Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
2016 - 2018. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital