13.06.19

Palestra sobre Bullying envolve famílias do Vieira em importantes discussões

O evento, ministrado por Alessando Marimpietri, discutiu os desafios do tema na contemporaneidade

Palestra sobre Bullying envolve famílias do Vieira em importantes discussões

Um tema que sucinta reflexões para todas as famílias. Em parceria com o Ministério Público da Bahia, o Vieira iniciou no dia 31/05 um ciclo de palestras com estudantes a partir do 8º ano EF, abordando o bom uso das redes sociais, bullying e cyberbullying. A ação, que será encerrada no mês de julho, faz parte da campanha “Bullying: você sabe de que lado ficar”, lançada em 2019 pelo MPBA.Com o objetivo de ampliar essa ação, contemplando também os familiares, o Doutor em Ciências da Educação, Professor, Psicólogo e Neuropsicólogo, Alessandro Marimpietri, foi convidado para ministrar a palestra “Bullying e os desafios da convivência”, realizada no dia 10 de junho, no Salão C.

A palestra trouxe importantes reflexões sobre como as famílias lidam com os desafios da contemporaneidade. “Primeiramente, é preciso conceituar o Bullying, porque os pais de hoje tendem a confundi-lo com qualquer violência moral ou física entre pares. É essencial também que essas famílias saibam que não é um problema da escola ou das crianças. Vivemos em uma sociedade intolerante, que tem dificuldade de lidar com as diferenças e está construindo um laço violento. Isso repercute também na vida das crianças”, destacou Alessandro Marimpietri.

A diretora acadêmica do Vieira, prof.ª Ana Paula Marques, realizou a abertura e o fechamento do evento. Segundo ela, é preciso entender o Bullying como um fenômeno mundial, que afeta toda a nossa sociedade e precisa ser cada vez mais trazido para a pauta de discussão. “A palestra foi muito importante para mostrar a nossa responsabilidade enquanto adultos, educadores e pais em sermos e trazermos referências de um mundo pacifico, que respeite as diferenças, e que além de combater o Bullying possa viver em uma realidade mais saudável e justa”, destacou ela.

O evento proporcionou importantes momentos de interação com os familiares. “O modo como ele aborda a nossa realidade realmente nos desperta para melhorarmos em muitos aspectos”, destacou a mãe Perpétua Leal. Segundo a também mãe vieirense, Larissa Adami, a atitude dos pais é o principal caminho para que o Bullying seja combatido. “A mensagem que fica para mim é que o mais importante não é o que as crianças estão fazendo, mas como estamos agindo para que elas sigam bons exemplos. Precisamos, cada vez mais, termos tempo com qualidade junto aos nossos filhos”, ressaltou ela.

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo