22.11.16

Exibição dos curtas-metragens do 7º ano EF celebra criatividade e ludicidade

Com o tema “Meu planeta, meu país, minha casa: responsabilidade de cada um”, projeto discutiu aspectos sociais, religiosos e culturais da sociedade

Exibição dos curtas-metragens do 7º ano EF celebra criatividade e ludicidade

O projeto “Curta-Metragem” teve a sua culminância nos dias 09 e 11 de novembro, trazendo o tema “Meu planeta, meu país, minha casa: responsabilidade de cada um”. Através das apresentações dos filmes, realizadas no auditório Mabel Velloso, os alunos do 7º EF mostraram o resultado das pesquisas e reflexões sobre temas da atuais feitas ao longo do ano. Em 2016, a iniciativa abordou aspectos relacionados ao tema “Casa comum, nossa responsabilidade”, que marcou a Campanha da Fraternidade deste ano.

Durante o desenvolvimento do projeto, os estudantes produzem a própria história e, através dela, é criado um roteiro para conduzir toda produção do curta-metragem. A coordenadora pedagógica do 7º ano EF, prof.ª Maria Cristina Almeida, ressalta que a iniciativa tem como objetivo causar uma reflexão que possibilite o despertar dos alunos para um olhar mais crítico sobre o mundo. “Esse projeto é planejado pelos professores em vista do desenvolvimento dos alunos nos âmbitos social e acadêmico, projetando uma visão de futuro sobre a atuação deles na sociedade de forma positiva e ativa. Fiquei muito contente e orgulhosa com o resultado”, destacou.

Além da exibição dos filmes, a culminância também contou com apresentações artísticas dos alunos. “ Eu adoro a ideia de juntarmos música e arte para estudar assuntos tão importantes. Dessa forma o processo fica bem mais interessante”, disse o aluno Mateus Ferreira. “Esse projeto é muito legal, porque a produção aconteceu em vários lugares diferentes, não apenas na sala. Eu gostei demais”, avaliou a estudante Gabriela Brito.

A culminância do “Curta-Metragem” teve uma grande participação dos pais e familiares, que elogiaram e se emocionaram com o resultado final do trabalho. “Os temas abordados foram muito importantes para vida dos alunos. Além disso, esse projeto oportuniza uma interação muito bacana entre eles”, pontuou o pai Miguel Barreto. A mãe Kelly Uzeda complementou: “O projeto é de suma relevância para a sociedade e para a formação dos estudantes. Todos os envolvidos estão de parabéns”.

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo