03.07.18

Alunos do 3° ano EF apresentam a culminância do projeto sobre cultura popular

As apresentações, que contaram com a presença das famílias, aconteceram entre os dias 11 e 13/ 06.

Alunos do 3° ano EF apresentam a culminância do projeto sobre cultura popular

O mês de junho é celebrado de uma maneira especial no Nordeste e a emoção dessas comemorações tomou conta dos pais, professores e alunos na culminância do projeto “Festas Populares Cultura e Tradições”, realizado com o 3º ano EF. O evento, que ocorreu nos dias 11, 12 e 13/06, foi o resultado de quatro meses de trabalho, que proporcionou aos alunos diversos saberes e ressaltou a importância de valorizar e respeitar a diversidade cultural. As famílias puderam interagir através de um momento musical realizado na quadra do Vieirinha e em seguida conferiram a exposição dos trabalhos realizados pelas turmas.

Nas etapas anteriores do projeto, os estudantes participaram de oficinas e realizaram pesquisas sobre a origem dos festejos juninos, os símbolos, alimentos, cidades que comemoram e as peculiaridades que essas festividades envolvem. A coordenadora pedagógica do 3° ano EF, prof.ª Adriana Novais, destaca que o envolvimento dos alunos foi o ponto mais importante da iniciativa. “Decidimos valorizar a arte, a cultura e a tradição popular. Foi um trabalho feito em consonância com as competências gerais da Base Nacional Comum Curricular, que traz as questões de valorizar a diversidade cultural, sempre na perspectiva do respeito a diversidade destaca Adriana.

A mãe Lívia Guerreiro nem piscava os olhos enquanto a pequena Júlia apresentava a dança com a turma do 3° ano C. Assim que os pais puderam participar ao lado dos filhos, ela foi rapidamente ficar com a pequena. “É sempre muito bom termos a oportunidade de vivenciar de perto o projeto que eles fazem com tanto amor e carinho. Amei participar”, destacou ela. A professora Cyomara Matos acrescenta que a integração com os familiares motivou os alunos durante todo processo. “Esse é um momento bastante interessante para que os pais visualizem todo o trabalho que foi desenvolvido durante o semestre. Essa participação da família fortalece os laços com o que desenvolvemos no cotidiano escolar”, frisou.

A exposição dos trabalhos, realizada no Pátio Aquarela, foi fruto das oficinas ludopedagógicas, ocorridas na semana anterior à culminância. “Esses dias foram bastante prazerosos. Brincamos, desenhamos, fizemos retratos, bandeirolas, e o que eu mais gostei, que foi decorar o chapéu”, destacou a estudante Camila Lima. Para os familiares, a valorização a proposta interativa do projeto foi algo que contribuiu para fortalecer ainda mais a parceira escola-família. “É muito importante resgatar as raízes nordestinas em relação à cultura, à tradição e aos festejos, pois temos isso muito forte aqui na Bahia. É lindo ver que nossos filhos se divertem, se entretêm e sociabilizam. Ações assim são fundamentais para a formação dessas crianças”, finalizou o pai vieirense, Christian Galvão.

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo