05.09.19

5ª edição do SobreVIDAS SEVERINAS traz arte como instrumento de diálogo

Idealizado pelo NEIMS e AVLA, o projeto aconteceu entre os dias 19 a 30 de agosto

5ª edição do SobreVIDAS SEVERINAS traz arte como instrumento de diálogo

O projeto SobreVIDAS SEVERINAS chegou a sua 5ª edição, realizada entre os dias 19 a 30 de agosto, trazendo muitas discussões e importantes reflexões para a comunidade educativa do Vieira. Idealizado pelo Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Minorias Sociais (NEIMS) e pela Academia Vieirense de Letras e Artes (AVLA), a iniciativa contou com exposições, oficina de jogos, desfile, mesa de conversa e apresentações artísticas.

Em 2019, o SobreVIDAS abordou a violência simbólica, a resistência, a violência fática e empoderamento. “Precisamos discutir esses temas. O evento é um momento essencial para o alunado debater sobre tudo aquilo que estudamos durante o ano”, ressaltou integrante do NEIMS, Mariana Ruback.

Além das apresentações, esse foi o primeiro ano que o projeto utilizou a Passarela da Arte para trazer informações sobre a história de diversos movimentos sociais. Através da parceria com a AVLA, o projeto conseguiu abordar as temáticas de forma lúdica e criativa.

“Acreditamos que trazer a arte como forma de diálogo torna tudo mais acessível. Ela traz incômodo, reflexão e discussão, que é o que estamos buscando estimular com esse projeto”, ressaltou a aluna e integrante da AVLA, Gabriela Cavazini.