18.12.15

Seminário de Formação 2015 discute infâncias e juventudes no contemporâneo

O Seminário de Formação 2015, voltado para os educadores do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJACAV do Colégio Antônio Vieira, discutiu as infâncias e juventudes na perspectiva das abordagens culturais.

O Seminário de Formação 2015, voltado para os educadores do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJACAV do Colégio Antônio Vieira, discutiu as infâncias e juventudes na perspectiva das abordagens culturais. O ciclo foi realizado nos dias 04, 09, 10 e 11 de dezembro, na Sala de Arte Sálua Chequer e no auditório Mabel Velloso, no Vieirinha. Neste ano, a ação teve como tema “Infâncias e Juventudes no Contemporâneo: o que sabemos sobre novas maneiras como esses indivíduos estão se tornando e existindo?” e contou com debates, rodas de conversa e oficina de brinquedos na programação.

“A formação permite que o professorado, junto com orientadores e pedagogos, problematizem o que tem a ver a escola e o contemporâneo. É nesse momento que a pedagogia inaciana, aplicada no Vieira, dialoga sobre questões do âmbito da cultura com teóricos da contemporaneidade, como Stuart Hall, Marisa Vorraber Costa, Paula Sibilia, entre outros. Tudo isso nos ajudou a pensar sobre como as crianças e jovens estão se desenvolvendo atualmente. Refletimos sobre a ideia do ‘vir a ser’, e não a do modelo pronto”, destacou o coordenador pedagógico da 2ª série EM, José Teixeira (Zelão), um dos mediadores da atividade formativa.

Nos quatro dias de seminário, a programação teve início com a acolhida e um momento de oração conduzido pela equipe do Serviço de Orientação Religiosa e Pastoral (SORPA). Na oportunidade, os educadores puderam se confraternizar e agradecer a Deus pelo trabalho desenvolvido em 2015. No período da manhã, as interações aconteceram por meio de apresentações de pesquisas e teorizações sobre o tema. Já no turno vespertino, as discussões seguiram com uma roda de conversa e na oficina de brinquedos.

Os professores aprovaram a realização da atividade e destacaram o conhecimento adquirido no seminário. “É sempre muito importante essa iniciativa que a escola adota de proporcionar aos professores um momento de interação e conhecimento. Saber como lidar com essa nova geração é bastante enriquecedor e agrega muita coisa à nossa prática em sala de aula e fora dela”, disse a professora de matemática da 2ª série EM, Isabel Cezimbra. “Através do seminário a gente conseguiu perceber o quanto estamos alinhados com a pedagogia da escola. Eu, por exemplo, pude constatar coisas que já pratico em sala de aula através dos exemplos trazidos por Zelão. É a demonstração clara de como anda nossa sintonia”, completou o professor de geografia da 1ª série EM e do EJACAV, Marcos Pimentel.

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo