08.06.18

Projeto “Artes In Cena” ressalta a importância da cultura de paz

As turmas do 7º ano EF têm realizado um processo de pesquisa, que vai se desdobrar na produção de um curta-metragem e uma dramatização.

Projeto “Artes In Cena” ressalta a importância da cultura de paz

transformar o mundo é necessário que haja respeito, igualdade e paz. A iniciativa visa desenvolver atividades de pesquisa investigativa, produção de leitura e de escrita, tendo como resultado final o desenvolvimento de um curta-metragem e de uma dramatização, elementos que compõem a culminância, a ser realizada no segundo semestre. A Campanha da Fraternidade de 2018, que traz o tema “Fraternidade e superação da violência”, tem sido o eixo-norteador de todas as ações.

A coordenadora pedagógica do 7º ano EF, prof. Maria Cristina Almeida, explica que em abril as turmas participaram de uma sensibilização sobre o projeto. Após iniciarem um processo pesquisa, que vai se desdobrar no roteiro do curta-metragem e na montagem de uma peça teatral, os alunos apresentaram um seminário no de 24 de maio (confira as fotos dessas atividades). “O ‘Artes in Cena’ possibilita ao estudante apropriar-se continuamente de princípios para enfrentar os desafios da contemporaneidade, tendo uma atuação cidadãà luz do Evangelho”, ressaltou ela.

Os seminários apresentados no final de maio abordaram o Cyberbullying, a intolerância religiosa, a violência no esporte, os direitos humanos, entre outros temas vinculados à Campanha da Fraternidade 2018. “O objetivo desse projeto é conscientizar nossos estudantes sobre a importância de se cultivar uma cultura de paz, numa sociedade que vivenciamos vários tipos de violência”, afirmou uma das orientadoras do “Artes in Cena”, a prof.ª Silvia Simões.

O processo investigativo realizado até a apresentação dos seminários despertou os alunos para uma consciência crítica, que servirá como base para a elaboração dos roteiros e da dramatização. “Aprendi que se importar com o outro é um dever que todos nós devemos ter”, destacou o vieirense Rafael Franco, que apresentou o trabalho sobre os direitos humanos.

Os estudantes também trouxeram exemplos inspiradores de personalidades que fizeram a diferença nas suas épocas. “Falamos sobre Malala: uma menina que inspirou muitas mulheres por sua coragem. Depois de lutar pela sobrevivência, ela ganhou o prêmio Nobel da paz. É uma grande inspiração”, frisou a estudante Letícia Cabral.

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo