03.07.17

Academia Vieirense de Letras e Artes projeta atividades do segundo semestre

O “Sarau do Amor”, ocorrido nos dias 12 e 13 junho, encerrou a série de apresentações do grupo na primeira etapa do ano letivo

Academia Vieirense de Letras e Artes projeta atividades do segundo semestre

O segundo semestre já começou e muitos planos estão na agenda da Academia Vieirense de Letras e Artes. O grupo realizou uma série de eventos desde o começo do ano letivo e o último deles, o “Sarau do Amor”, lotou a Sala de Arte Sálua Chequer nos dias 12 e 13 de junho (confira as fotos abaixo). Além dos projetos que já estão no cronograma letivo, a AVLA também se prepara para apresentações externas e está produzindo um evento totalmente inovador para a comunidade educativa do Colégio Antônio Vieira.

A presidente da Academia, a aluna Luciana Cupertino, destaca que o “Sarau do Amor” fechou em grande estilo as atividades do grupo no primeiro semestre. “Diante de tudo que realizamos desde o começo do ano – o ‘Sarau Identidade’, as audições, o ‘Sarau Estações’, entre outras ações – foi bastante gratificante ver que os nossos integrantes se identificaram muito com o tema ‘amor’. É algo muito amplo e tivemos liberdade na escolha do repertório. Todos se divertiram muito com a temática nos ensaios e isso gerou ótimos resultados para os setores da AVLA”, afirmou.

Alunos de diversas turmas e convidados assistiram às apresentações que mesclaram as vertentes artísticas em torno do maior dos sentimentos. “Foi um evento bastante construtivo, que conseguiu falar do amor de uma forma muito emocionante. Cada arte com a sua singularidade ajudou a construir um espetáculo muito rico”, ressaltou o aluno da 2ª série EM, João Miguel.

A ex-integrante da AVLA, Amanda Holtz, se emocionou na plateia do “Sarau do Amor”. “São as pessoas mais talentosas que conheço e que demonstram uma paixão fascinante quando sobem ao palco. É especial também rever esse tema que, apesar de ser uma espécie de tradição, sempre tem novas inspirações”, completou ela.

Novidades à vista

O coordenador da Academia Vieirense de Letras e Artes, prof. Paulo Reis, explica que o primeiro semestre se consolida como um importante período de descoberta e adaptação para muitos integrantes do grupo. “Agora iniciamos um processo de maturação e estamos muito empolgados com dois grandes eventos que participaremos no Vieira: o mês da minorias sociais com o projeto ‘SobreVidas Severinas’ e a primeira edição do ‘Festival de Jazz’, esse último já em processo de produção”, disse. Ele ainda confirmou a participação da banda da AVLA em um festival de música e arte produzido pela Faculdade Baiana de Direito.