Notícias

09h40

8º Encontro de Jovens Cientistas premia alunos do Vieira

Os projetos vencedores trouxeram ideais de sustentabilidade e inclusão social

Compartilhe
Tamanho do Texto
8º Encontro de Jovens Cientistas premia alunos do Vieira

A Expociência, evento de iniciação científica realizado pelo Colégio Antônio Vieira, anualmente conduz alguns dos projetos apresentados para o Encontro de Jovens Cientistas (EJC), promovido pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2017, a 8ª edição do evento, realizada no dia 21 de novembro, reuniu 488 participantes de 37 instituições de ensino, entre públicas e privadas.Três equipes do Vieira, que têm em comum a ideia de um mundo mais sustentável e inclusivo, foram premiadas. 

Integraram o EJC vieirenses do 5º ao 9º ano EF. Os trabalhos das equipes vencedoras serão publicados na Revista Jovem Cientista. A aluna do 6º ano EF, Maria Muricy, participou de um dos grupos premiados, que apresentou o projeto “Cozinha Sustentável”. A ideia é apresentar o consumo de alguns insetos como uma fonte alimentar para a população humana, pelo importante fornecimento de nutrientes (proteínas) e por reduzir a emissão do gás carbônico e gás metano, que acontece na criação de animais de carne de corte. “Nós achamos que é muito importante trabalharmos a sustentabilidade e por isso trouxemos essa proposta. Poder apresentá-la para o júri e responder diversas perguntas foi uma experiência incrível”, disse ela.

Já o estudante do 7º ano EF, Lucas Pessôa, que venceu o EJC pela segunda vez, destacou o trabalho em equipe como uma das habilidades desenvolvidas por ele. “Em relação à Expociência, há uma mudança muito grande. É uma nova etapa, quando competimos com outras escolas, e temos a chance de aprimorar. Nesse momento, todos têm que se ajudar”, contou ele. O objetivo buscado pelo trabalho da equipe de Lucas foi desenvolver uma máquina chamada Condesinator, capaz resfriar o ar, condensando a água que há nele. Ela visa ajudar as pessoas que não encontram água limpa a um baixo custo.

 

Iniciação científica

O Encontro de Jovens Cientistas reuniu apresentações orais, experimentos com vídeos, jogos e vídeos científicos. A professora de ciências do Vieira e orientadora de dois dos projetos vencedores, Maria Goretti Sousa, destaca a importância do EJC na criação de novos espaços interativos de cultura científica regional. “É uma grande vitrine para esses alunos, pois é um dos poucos no Brasil que insere a educação básica, o que permitiu a participação do Vieira.  Vale ressaltar também o apoio e acompanhamento das famílias, que formam um importante diferencial para esses estudantes”, afirmou ela.

Segundo a professora de Ciências, Cássia Moruz, que foi um dos orientadores do projeto vencedor do 6º ano EF sobre a criação de um audiogame para deficientes visuais, o EJC mobiliza o surgimento de novos talentos. “A participação em eventos científicos é sempre uma possibilidade significativa para favorecer a busca e a apreensão de novos conhecimentos”, afirmou ela. O professor de robótica do Vieira, Pedro Martinez, realizou a orientação para o mesmo projeto. Para ele, integrar iniciativas assim incentiva os estudantes a pensarem o mundo de uma forma diferente. “Os alunos conseguem enxergar o futuro melhor, pois sempre estão por dentro das novidades e tendências. Assim, o desenvolvimento intelectual deles se torna mais concreto e produtivo, tornando-os capacitados para os próximos desafios”, ressaltou.  

Deixe seu comentário
Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
2016 - 2018. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital