Notícias

14h00

Papa pede que “a linguagem do diálogo prevaleça sobre a das armas”

Na edição de novembro da série O Vídeo do Papa, Francisco nos convida a viver a paz a partir do coração de cada um e a substituir a violência pelo diálogo.

Compartilhe
Tamanho do Texto
Papa pede que “a linguagem do diálogo prevaleça sobre a das armas”

Na edição de novembro da série O Vídeo do Papa, Francisco nos convida a viver a paz a partir do coração de cada um e a substituir a violência pelo diálogo. Ele também ressalta a importância de praticar essa paz ao lidar com os outros. “Rezemos juntos para que a linguagem do coração e do diálogo prevaleça sempre sobre a linguagem das armas”, enfatiza o Papa. “Podemos falar com palavras esplêndidas, mas se em nosso coração não há paz, não haverá no mundo”, afirma.

O Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM), ecoando o convite do Papa Francisco, lançou a campanha Precisamos no mundo inteiro: Zero Violência, 100% de Ternura. O intuito da mobilização social de caráter ecumênico é chegar a toda a América Latina e o Caribe. A iniciativa denuncia as diversas formas de violência contra as crianças e propõe a ternura como caminho para promover a vida e a dignidade dos menores. O Movimento Eucarístico Jovem (MEJ), na América Latina e no Caribe, apoia esta campanha.

Segundo o padre Frédéric Fornos, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, a paz entre os povos começa nas nossas relações cotidianas. “A paz e a harmonia entre os povos da terra começa assim, nas ruas, nas casas, nas minhas atividades e na minha família, rejeitando o medo do outro e respeitando-o”, acredita o jesuíta.

Deixe seu comentário
Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
2016 - 2018. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital