Notícias

07h00

Exposição “Coisa de Preto” fica em cartaz até 31/07 no Vieira

Desenvolvida pelo Pe. José Paulino, SJ, a exibição traz obras que propõem um diálogo entre a cultura africana e a religiosidade católica.

Compartilhe
Tamanho do Texto
Exposição “Coisa de Preto” fica em cartaz até 31/07 no Vieira

Após passar por Feira de Santana e no Serviço Inaciano de Espiritualidade, em Salvador, a exposição “Coisa de Preto” chegou ao Colégio Antônio Vieira no mês de junho. As obras, que trazem fortes referências cultura afro-brasileira com a religiosidade católica, foram desenvolvidas pelo Pe. José Paulino, SJ e podem ser apreciadas até o dia 31 de julho, no corredor da Capela Santo Inácio (Vieirão). A abertura da exposição (confira as fotos abaixo), realizada no dia 11/06, contou com a presença de convidados, funcionários e alunos do Ensino Médio Noturno, que tiveram a oportunidade de entender com o artista todo processo de concepção das telas e instalações.

O modo como as obras podem ser interpretadas pelas pessoas, de acordo com as suas próprias referências, é algo que inspira o processo criativo do Pe. José Paulino. Durante a abertura da exposição, o jesuíta explicou que tem um envolvimento artístico com essa temática há mais de 20 anos e busca com esse trabalho provocar um diálogo entre as religiões de matrizes africanas e o cristianismo. “Acredito que esse é o modo que tenho de participar na sociedade do que chamaríamos de uma participação na perspectiva da consciência negra. É o modo que consigo dizer, denunciar e trazer à tona aquilo que o negro é como expressão cultural”, destacou ele.

Segundo o Pe. José Paulino, a exposição “Coisa de Preto” quer ser uma provocação e uma resposta positiva a essa expressão de cunho racista e pejorativa. “A mostra tem por objetivo expressar como a sensibilidade é capaz de dar sentido à vida, rompendo preconceitos, em prol de um mundo cada vez melhor. Para mim, expor é um espaço significativo. É o resultado do trabalho que foi feito e quando você pode dizer para as pessoas aquilo que você é, pensa, acredita ou intui. O feedback das pessoas é muito especial”, relata.

Para a coordenadora de projetos culturais do Vieira, prof.ª Sálua Chequer, a mostra “Coisa de Preto” tem uma temática que provoca uma importante reflexão. “A exposição já chama atenção desde o seu título. O Pe. José Paulino traz consigo a ideia de romper a condição pejorativa dessa expressão e faz isso de uma maneira singular.  O diálogo entre a cultura africana e a religiosidade católica que ele traz é algo muito perceptível. Por isso, convido toda comunidade educativa a prestigiar e se encantar com esse trabalho marcante”, finalizou ela.

 

Compartilhe
Tamanho do Texto
Deixe seu comentário
Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
2016 - 2018. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital