Jesuítas Brasil FLACSI

Notícias

08h00

MEC muda regras do Sisu para flexibilizar exigências das universidades

Na hora de selecionar estudantes, instituições poderão definir tanto a nota mínima exigida em cada prova do Enem quanto uma média mínima em todas ou algumas das provas.

Compartilhe
Tamanho da Fonte
MEC muda regras do Sisu para flexibilizar exigências das universidades

A seleção de vagas em universidades federais e estaduais pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai ser mais flexível a partir do primeiro semestre de 2017. Uma portaria publicada na edição desta quinta-feira (5) do Diário Oficial da União (DOU) alterou as regras do Sisu para dar mais autonomia às instituições participantes.

O Sisu reúne, em um só site, vagas de universidades públicas estaduais e federais, e seleciona os estudantes inscritos por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os estudantes podem disputar vagas na categoria de "ampla concorrência" e pelas políticas de cotas para estudantes de escola pública e para estudantes pretos, pardos e indígenas.

A principal mudança no critério de seleção é em relação ao cálculo da nota mínima para aprovação dos estudantes. Nas edições anteriores, as instituições podiam definir o peso e as notas mínimas exigidas em cada prova do Enem na hora de calcular a nota final de cada estudante no Sisu e, então, selecionar os calouros para as vagas com base nessa pontuação.

A partir de agora, a instituição poderá continuar seguindo esses critérios, mas também terá autonomia para definir uma média mínima nas provas para selecionar os candidatos. Será possível, inclusive, usar uma combinação dessas regras para que o Sisu defina os aprovados.

Na prática, isso quer dizer que, caso a instituição ofereça essa opção, um estudante que não teve a nota mínima em uma das provas do Enem 2016, mas tenha nota suficiente nas outras provas para garantir uma pontuação final acima da média mínima, possa ter a chance de ser aprovado na seleção.

Em nota, o MEC afirmou que a mudança foi um pedido das próprias universidades.

 

Calendário do Sisu

O Ministério da Educação ainda não divulgou o calendário de inscrições da edição do primeiro semestre do Sisu. Estudantes que fizeram qualquer uma das três edições do Enem realizadas em 2016 poderão concorrer a vagas pelo sistema. A nota de todos esses candidatos será divulgada no dia 19 de janeiro, segundo o MEC.

 

Fonte: G1

Deixe seu comentário
Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
O Colégio Antônio Vieira integra a Rede Jesuíta de Educação, tendo as suas práticas impulsionadas pelos valores da espiritualidade inaciana – marca da nossa identidade e das aproximadamente 1500 unidades de ensino, espalhadas em mais de 60 países. Atendemos a alunos do 1º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio, nos turnos matutino e vespertino, além do Ensino Médio Noturno, voltado para Jovens e Adultos.

É mantido pela Associação Antônio Vieira - ASAV, instituição de direito privado sem fins lucrativos, filantrópica, de natureza educativa, cultural, assistencial e beneficente e com Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS, nas áreas de educação e assistência social. Na área de educação, desenvolve o Programa de Inclusão Educacional e Acadêmica – PIEA, oferecendo bolsas de estudo e benefícios complementares, para os níveis de educação básica e superior, garantindo o acesso, permanência e conclusão. Na área de assistência social desenvolve serviços, programas e projetos nas categorias de atendimento, assessoramento, defesa e garantia de direitos, de acordo com o Art. 3º da Lei Orgânica de Assistência Social. A ASAV atua em conformidade à legislação vigente por meio da Lei nº 12.101/2009, Lei nº 12.868/2013, Decreto nº 8.242/2014 e Portaria Normativa MEC nº 15/2017.

Clique aqui e saiba mais sobre a importância da filantropia para o País.
2016 - 2019. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital