Notícias

08h00

Comunicado Oficial - 09/10/2017

Pronunciamento do Colégio Antônio Vieira sobre medidas de segurança tomadas pela instituição

Compartilhe
Tamanho do Texto
Comunicado Oficial - 09/10/2017

Prezada comunidade Vieirense,

O advento das Mídias Sociais representou um verdadeiro marco na evolução da comunicação nestes últimos anos, pois tem tornado cada vez mais célere a difusão de informações e diversos conteúdos através de seus inúmeros recursos que, se bem utilizados, favorecem e dinamizam os processos comunicacionais.

Porém, nos últimos dias, nossa comunidade educativa foi surpreendida por mensagens cujos conteúdos desrespeitam o Colégio Antônio Vieira que, ao longo dos seus 106 anos de existência, vem contribuindo com a formação ética, cidadã e responsável de seus alunos.

Anda circulando no Whatsapp o seguinte comentário: “um homem vem se passando por pai de alunos, aliciando crianças oferecendo balas. Comenta-se também: “a escola não é um lugar seguro e está omitindo informações à comunidade”. Isso tem causado grande confusão e transtornos nos diversos grupos de pais neste aplicativo. 

Nesse sentido, o CAV repudia veementemente a divulgação não condizente com a verdade dos fatos, inclusive sem conhecimento das ações e investimentos realizados pelo colégio no intuito de garantir cada vez mais a integridade física de nossa comunidade educativa.

O Projeto Educativo Comum da Rede Jesuíta de Educação (PEC) dedica atenção especial e “necessária ao tratamento das informações que envolvem pessoas e relações(...) Na comunicação com alunos, famílias e comunidade local, são estabelecidos fluxos e canais de interação, de modo a favorecer a transparência, a cordialidade e o acesso pleno e seguro às informações. Paralelamente, requerem a observância dos marcos legais e éticos vigentes”.

O que ocorreu, de fato: na última quarta-feira (04/10), um homem foi visualizado em atitude suspeita pelas câmeras de segurança do Vieirão, na entrada de alunos, ao lado do Santuário. Logo foi identificado como sendo o mesmo que há duas semanas passadas havia furtado 2 celulares de mochilas que estavam no banco deste mesmo lugar. Tendo sido identificado, logo foi interceptado pelos vigilantes, antes mesmo de efetuar qualquer ação delituosa. A Polícia Militar foi imediatamente acionada e encaminhou o indivíduo para a 1ª Delegacia nos Barris. No entanto, não pode ser autuado em flagrante pelo fato de não ter cometido delito naquele dia, portanto sem materialidade para tal. Foi conduzido, então, para a Central de Flagrantes no Iguatemi, onde, diante de uma autoridade policial, foi lavrado o Termo Circunstanciado, como previsto em lei.

Salientamos ainda que o CAV tem investido cada vez mais em segurança e, graças a essa política adotada, a situação citada teve um tempo de resposta bastante proativo. Como parte do Planejamento Estratégico, a escola conta, desde 2016, com a assessoria de empresa especializada em segurança. Estabelecemos cronograma de ações e, dentre essas, a ampliação e qualificação do parque de CFTV – Circuito Fechado de TV - com a instalação da central de Monitoramento Ativa para que ocorrências similares sejam coibidas. 

Exaltamos, mais uma vez, o espírito colaborativo e responsável no acolhimento e difusão das informações, já que o acesso ao colégio como fonte confiável de quaisquer questões a ele relacionadas é garantido e constitui-se como verdadeiro exercício de cidadania a busca pelas fontes seguras antes da propagação indevida e injuriosa.

Atenciosamente,

A Diretoria

Compartilhe
Tamanho do Texto
Deixe seu comentário
Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia - 683 CEP: 40100-000 - Salvador - Ba
Tel: (71) 3328-9500 - Fax: (71) 3267-0511
2016 - 2017. Colégio Antônio Vieira. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital