ACONTECE NO VIEIRA
» 01/02/2011
  • Texto 01
  • Texto 02
  • Texto 03
  • Texto 04
  • Texto 05
  • Texto 06
Alunos do 7º ano EF arrecadam kits de higiene para moradores de rua

Última atualização: dia 20/08/2014, 09:55

O mês de agosto teve início no Colégio Antônio Vieira com um gesto de solidariedade que mobilizou os alunos do 7º ano EF. Eles entregaram kits de higiene a representantes da Instituição Levanta-te e Anda, localizada na Cidade Baixa, próxima ao Mercado do Peixe, e que presta assistência a moradores de rua. A ação foi o resultado de uma atividade da matéria de Geografia em parceria com Setor de Tecnologia Educacional.

A atividade fez parte de uma gincana virtual realizada por meio da plataforma da Escola On-line sobre os países envolvidos na Copa do Mundo e que tinham uma condição social precária. Divididos em equipes, os estudantes fizeram a avaliação das necessidades desses países, principalmente do Brasil, que sediou o mundial deste ano, e deram ênfase à cidade de Salvador.

“Nós mostramos aos alunos que a realidade de um país vai muito além das belezas mostradas em época de Copa. Queríamos que eles realmente se preocupassem com as condições sociais desses locais, principalmente para as causas e problemas no Brasil”, disse o professor de geografia, Angel Carames Duran.

Eles tiveram que realizar várias tarefas como fórum, quiz, apresentações, elaboração e apresentações de paródia. Cada uma valia uma pontuação. Só no final os alunos participaram da arrecadação e doação de kits de higiene. "A participação dos alunos nesta gincana foi muito interessante. Escolhemos uma instituição que cuida de uma causa importante e eles tiveram essa oportunidade de ajudar e também aprender", disse a analista de Tecnologia Educacional, Suzana Sampaio.

Os representantes das equipes entregaram às responsáveis do Levanta-te e Anda todos os materiais em uma reunião dentro do colégio. Tanto os estudantes como as assistentes sociais estavam muito contentes com o resultado. "Para nós é uma satisfação, pois os alunos se sentem pertencentes a uma sociedade diferente, que busca a inclusão social. Eles conhecem esse outro mundo e se tornam mais solidários", disse a assistente social e coordenadora do Levanta-te e Anda, Gilcilene Ferreira.

Galeria de fotos